ENQUETE 09 – BEIJAR CACHORRO OU GATO: AFETO OU IMUNDÍCIE?

Nessa deliciosa interação de intensa amizade, há momentos em que a demonstração do sentimento é física, com beijos ou  “lambeijos”. É deliciosamente inevitável uma chuva de “lambeijos” quando a gente chega em casa e se abaixa para cumprimentar nossos amiguinhos. Eles, felicíssimos com nosso retorno, querem mesmo tocar nosso rosto com o focinho, hábito adquirido ainda na ninhada, quando a mãe os lambia ou até regurgitava algum alimento em suas boquinhas. Para eles é uma enorme demonstração de amor. Só para eles? Claro que não! Tutores apaixonados não resistem a uma carinha “sorridente” ou  sentida e a maioria dá beijinhos em seus pets.

Apesar disto, há quem não considere isto um hábito saudável. Afinal cachorros e gatos lambem seus genitais e de outros animais, cheiram o chão e são de outra espécie.

Estudos recentes mostram que estes beijinhos não seriam prejudicial à saúde do homem, até ao contrário ajudaria na reposição da microbiota intestinal.

Será?

comentários


Regras do Fórum:

Uma das intenções do blog Pet que pariu! é a moderação do debate saudável entre os usuários, mas aqui não é lugar de agressões ou intransigências. Temos por princípio publicar todas as perguntas e comentários, exceto:

  1. Os que possam ser considerados ilegais ou que violem as leis vigentes sobre direito autoral e internet no Brasil;
  2. Os que sejam inteiramente irrelevantes ao contexto em questão;
  3. Os que, não passando de insultos ou deboche, sejam inteiramente destituídos de argumentos;
  4. Os que possam ser considerados ofensivos a outras pessoas.