ESPOROTRICOSE FELINA É EPIDEMIA NO RIO DE JANEIRO

Curiosidades e Novidades

ESPOROTRICOSE FELINA É EPIDEMIA NO RIO DE JANEIRO

A Vigilância Sanitária do Município do Rio confirmou que há uma epidemia de esporotricose em gatos da cidade, tendo sido notificados mais de 13500 casos em 2016.

A Esporotricose é uma zoonose fúngica transmitida do gato ao ser humano por meio de mordidas, unhadas ou secreções. O homem também pode se infectar diretamente do solo, sendo mais frequente em jardineiros e quem tem como hobby mexer na terra. Infelizmente, gatos abandonados contraem o fungo do solo e transmitem a outros gatos, que podem transmitir ao ser humano.

A população felina mais atingida é a de gatos que vivem nas ruas e praças. O tratamento é com antifúngicos diários e a resposta é boa.

O custo para as ONGs protetoras é alto. Quem puder ajudar custeando um tratamento, há ONGs sérias como a SUIPA; OITO VIDAS e SOS FELINOS, dentre outras.

Vamos colaborar? Só assim estes animais terão alguma chance!

Se a imagem é triste e forte,  imagine o sofrimento dos gatinhos! Ajude!

comentários